Fechar [X]

Caso esse seja seu primeiro acesso, utilize como usuário (login) e senha seu CPF.

Por exemplo: Número CPF: 111.111.111-11 / Usuário (Login) e Senha: 11111111111

Em caso de dúvida, por favor, procure nossa equipe por email ou telefone:

previ.novartis@novartis.com  ou 11 5532-7560 / 7561 / 7562

Atenciosamente,
Previ Novartis – Sociedade de Previdência Privada
 

Site do Participante

Área do Participante Como Acessar


Notícia - Rentabilidade da Previdência Privada (16/01/14)

O ano passado foi ruim para a previdência privada. PGBLs e VGBLs com aplicações só em renda fixa renderam 4,62%, diante de um CDI de 8,06%. Perderam até para a inflação de 5,91%. E os que aplicaram 49% em renda variável, em ações, tiveram rentabilidade negativa de 3,02%. Já nos fundos de pensão, foi um pouco melhor.
Agora, da mesma forma que houve perdas em 2013, na maioria dos anos anteriores houve ganhos substanciais.

 

Exemplo: os fundos de pensão renderam, em média, 15% ao ano nos últimos 10 anos e só em um deles a rentabilidade foi negativa.

 

Larry Fink, da BlackRock americana, disse que se um investidor em ações saísse a navegar pelo mundo no dia 01 de setembro de 2008, antes da quebra do Leman Brothers, sem contato com televisão, rádio ou internet, e retornasse 5 anos depois, veria que a maioria das ações valiam bem mais que antes de sua partida. Como se não tivesse existido uma crise mundial no meio. Pois é assim, em investimentos de longo prazo- como para aposentadoria- o que importa é o que acontece no conjunto dos anos e não em um só ano. Um ano ruim não é razão para cair fora e realizar prejuízo.

 

Agora, se no conjunto tem sido ruim, mude de previdência.

 

(Renato Follador - CBN).



Visualizar Histórico


O uso deste site é governado por nossos Termos de Uso e nossa Política de Privacidade. © 2012 Previ Novartis Sociedade de Previdência Privada